Marcel Giró Moderno


Estranhamente, foi dada pouca atenção, por longos anos, ao modernismo da Escola Paulista – como foi apelidado o movimento fotográfico que surgiu no Foto Cine Clube Bandeirantes. Mas, na última década, importantes trabalhos – como o livro A fotografia moderna no Brasil, de Helouise Costa, a circulação de coleções de fotografia modernista e a inclusão de alguns de seus autores no circuito de galerias de arte – fizeram com que viessem a aparecer obras guardadas pelas famílias de fotógrafos modernistas. É o caso da exposição Marcel Giró Moderno, de onde nasce esta publicação, composta por 40 obras vintage mantidas pelo sobrinho do artista, Toni Ricart.

A obra de Giró não se libertou totalmente da responsabilidade documental, forjada nas vivências do período entre-guerras. Mesmo quando absorto pelas formas, pelas geometrias e pelas outras experimentações do modernismo da Escola Paulista, suas fotografias deixam escapar a preocupação desta geração de fotógrafos em documentar as transformações das cidades, a industrialização, a modernidade, como o fizeram Paulo Pires, José Yalenti, Ademar Manarini, Eduardo Salvatore, Gaspar Gasparian e outros participantes do FCCB.

As metrópoles em crescimento são o foco principal de seus trabalhos. Dono de uma unidade formal marcante, mesmo nas sombras mais duras, na geometria mais fria, nos contrastes menos cadenciados, há sempre uma delicadeza a perpassar suas fotografias. Este olhar apurado permite ao artista realizar obras singulares com origem no banal e no cotidiano, como as taboas (ou o que aparentam ser as taboas), que configuram o que poderia ser a representação de um storyboard de um espetáculo de dança.


Fotografias de Marcel Giró
Editora Madalena
Brochura
Número de fotos: 40
Projeto gráfico: Ekaterina Kholmogorova
Impresso na IPSIS, Brasil

R$30

Adicionar ao carrinho Comprar Adicionar à wishlist Me avise quando voltar ao estoque

Disponível

Últimas Cópias

Esgotado